quarta-feira, 9 de dezembro de 2009

Review do Nokia E71

Quando o Palm surgiu pela primeira vez, as pessoas ficaram maravilhadas em poder usar um computador tão portátil. E, conforme os smartphones foram surgindo, isso acabou funcionando praticamente da mesma forma.
No início, os aparelhos celulares somente traziam teclas numéricas e de selecção de menus. Mas, actualmente, a cada celular que aparece, novas funcionalidades são adicionadas, como teclados completos para digitação.
É o caso do Nokia E71, que aparece com o conceito de ser portátil (de fácil transporte), mas também oferecer praticidade na digitação, com teclado QWERTY completo. Voltado para pessoas que utilizam celular para trabalho, ele traz uma série de ferramentas de escritório e muita velocidade, para atender às necessidades de cada um e também à correria do dia a dia.
Especificações

Apesar de nem sempre prestarmos atenção no hardware do celular ao compra-lo, cada vez mais fazê-lo é relevante. Ou seja, assim como nos computadores, é extremamente importante verificar qual a exacta capacidade do aparelho, incluindo além da capacidade também o seu processador, memória RAM e sistema operacional.
Confira abaixo uma tabela com as especificações do Nokia E71 (ele não é nada fraco):

Tabela de especificações

O “kit” Nokia E71 conta com o aparelho, uma bateria, um CD com o software Nokia PC Suite,  - para melhor uso do aparelho quando conectado ao computador-, um recarregador bi-volt, um fone de ouvido, uma capa de couro de protecção, um cabo de dados, o manual de instruções e um cartão de memória.
Design

Para um celular com teclado QWERTY, o Nokia E71 realmente prima bastante pelo design. Modelos anteriores, como o Nokia E61, já demonstraram claramente um grande problema com o estilo do aparelho, que era grande (ou “gordo”) demais para um celular. O problema da empresa era, então: “Como manter o teclado completo, mas melhorar o design?”
Design do aparelho é um ponto forte.Sendo assim, a empresa conseguiu diminuir um pouco mais e aproximar as teclas umas das outras, deixando todas juntas — o que resulta em um design muito mais bonito do que o dos modelos anteriores. Logo, o tamanho do celular não é muito grande, pois tem quase as mesmas medidas que o iPhone. Isso é uma grande vantagem para o Nokia E71, ainda mais se comparado com outros smartphones com teclado QWERTY.
Considerando seu tamanho reduzido, o aparelho é de fácil transporte. O material consiste no uso de aço inoxidável atrás, nas bordas e na frente, e plástico nas telas. Ou seja, é um celular mais resistente do que a maioria dos portáteis, que costuma usar praticamente só o plástico. Mesmo assim, o aparelho é susceptível a riscos — principalmente em sua tela.
Para colocar o cartão SIM (chip GSM), você precisa abrir a traseira do aparelho pressionando simultaneamente os dois lados dele; depois, é necessário remover a bateria e encaixar o chip em um pequeno espaço de difícil acesso.
Na parte de cima do do celular é possível encontrar um botão para ligar e desligar, mas é um tanto quanto complicado pressiona-lo. No lado esquerdo, estão localizados o sensor infravermelho e as entradas USB e de cartão de memória (micro SD, com suporte até 8 GB: uma quantidade considerável).
Embaixo há somente um conector para recarregar a bateria e, no lado direito, os botões de volume e de detecção de voz, que servem tanto para ler o que está na tela, quanto para realizar uma chamada ou função através de uma gravação sua, feita pelo menu Ferramentas > Comandos de Voz.

A resolução da tela é de 320x240 pixéis, com 16 milhões de cores e peso de apenas 127 gramas (isso equivale a menos que o iPhone 3G). A visualização dos elementos é feita de maneira bastante fácil, não havendo problema algum relacionado ao ângulo de leitura e muito menos ao brilho utilizado (que pode ser regulado, caso você queira fazer economia de bateria). Ou seja, no escuro, use pouco brilho e, ao sol, use bastante — assim você não terá problemas.

O celular.

O teclado e os botões do aparelho

Abaixo da tela, você pode ver quatro botões com funções principais: dois para seleção de menus, e outros dois para atender e desligar chamadas. Ao meio, há um navegador que permite ir para os lados e um botão ao centro para confirmar acções. Também há quatro botões de acesso rápido: para ir ao menu principal, abrir o calendário, acessar os contactos e entrar na caixa de mensagens.
A utilização do teclado é que pode ser um pouco complicada, já que os botões tiveram o seu tamanho diminuído e agora estão muito mais juntos do que antes. Dessa forma, quando você tentar digitar algo no aparelho, é provável que acabe pressionando indevidamente botões errados, sem querer. É possível que alguns se acostumem, mas quem tem dedos grandes com certeza terá grandes problemas.

Usar o teclado pode ser complicado.

Para economizar espaço, algumas funções (como símbolos) foram colocadas como secundárias, sendo necessário pressionar um botão no canto inferior esquerdo antes para acessá-lás — algo um tanto quanto complicado quando se procura eficiência na digitação, mas com certeza o usuário se acostuma após utilizar o celular por bastante tempo.
Usabilidade

Após pressionar e segurar o botão de ligar por alguns segundos, o celular iniciará. A espera não é tão longa assim: em 38 segundos o celular liga e abre a tela principal.

Tela Inicial.O sistema operacional do Nokia E71 é o Symbian OS, já conhecido por aparecer em vários outros aparelhos da empresa nos últimos anos, incluindo o N95, por exemplo.
Se você estiver com a Tela Inicial activada (o que pode ser feito no menu Ferramentas > Configurações > Geral > Personalização > Tela Inicial), verá um relógio no lado esquerdo, os programas e funções listados no lado direito e algumas mensagens e compromissos logo abaixo, para fácil acesso. É possível configurar essa Tela Inicial para mostrar os atalhos e avisos que você quiser, funcionando como uma Área de Trabalho.

Funções principais

O menu pode ser acessado através do botão principal do lado esquerdo. Ao abri-lo, você nota uma divisão das funções principais, sendo que cada uma delas traz outras opções. Ou seja, alguns recursos do celular estão “escondidos” demais, o que torna o uso um pouco mais complicado. O menu principal contém as seguintes funções:

Menu Principal

Comunicação: corresponde às funções básicas de um celular, como correio de voz, contactos e mensagens;
Escritório: permite pesquisar elementos do celular, acessar o calendário, calculadora, QuickOffice, gerenciador de arquivos, relógio, conversor de medidas, notas, teclado sem fio, dicionário, Adobe PDF e até mesmo impressoras (para enviar documentos para a impressão directamente do celular, via Wi-Fi);
Log: relatórios de chamadas recentes, com duração e dados baixados e enviados pela internet (tudo isso pode ser visto detalhadamente ao pressionar o botão para a direita);
Conectividade: permite acessar facilmente as suas conexões de internet 3G, Edge e Wi-Fi, com localização por pontos de acesso próximos a você. É aqui que você activar o Bluetooth e o infravermelho;

Conectividade.

Ferramentas: visualização da memória utilizada, perfis de utilização (silencioso, reunião, normal e outros), sincronização com o computador, criptografia de dados, temas (para personalizar o aparelho), modos de uso e comando de voz e fala;
Mídia: traz o gravador de som, player de músicas, loja virtual, câmera, galeria (para acessar músicas, vídeos, imagens e gravações), RealPlayer, podcasts, rádio, FlashPlayer (para abrir arquivos SWF) e toques 3D (efeitos de amplificação de som);
Instalação: uma vantagem do Nokia E71 é o fato de você poder baixar os arquivos SIS (para Symbian) e JAR (Java) directamente no navegador do celular e instalar tudo automaticamente. Até se você baixar um ZIP contendo esses arquivos o aparelho é capaz de abri-los e instalá-los — ponto para a praticidade. E, quando isso é feito, os aplicativos instalados são encontrados no menu Instalação;
GPS: se você tiver uma assinatura do Nokia Mapas (uma espécie de Google Maps da Nokia), use a função no celular. Através dele é possível digitar um endereço e, a partir de sua posição, ver qual é o melhor caminho. Depois, ele acompanha você pelo trajecto, informando sempre a sua posição e a velocidade. Bastante leve e eficiente;

GPS

Configurações de Email: ative o seu correio electrónico no celular para que ele funcione semelhante ao Microsoft Outlook.  Assim, você pode acessar o seu email diretamente do celular, baixando as mensagens conforme você as acessa;
Web: abre o navegador padrão do celular, já na página inicial definida por ele (geralmente é a da operadora). Através do menu do navegador, você pode ir para um endereço, acessar seus favoritos, ver histórico, controlar o zoom, apagar dados de privacidade, localizar palavras e configurar o uso;
Downloads: baixa catálogos para que você coloque novos aplicativos no celular (depende da operadora);
Ajuda: assim como a maioria dos softwares de computador, o Nokia E71 também traz um guia completo, com ajudas detalhadas de cada uma das funções do aparelho, tutoriais de uso e dicas de como começar. Útil para aqueles que vivem com dúvidas de como usar o aparelho, mas não carregam o manual sempre junto.
Função de telefone

Para discar, você só precisa ir à tela inicial do celular e pressionar as teclas correspondentes aos números. E, se você usar letras ao invés de números, é feita uma busca nos contactos com as letras digitadas.
Ao tocar o celular, a vibração é forte o suficiente para garantir que você não vai deixar de atender uma chamada. Também há uma série de toques que já vêm junto com o aparelho e podem ser seleccionados — além daqueles que você adiciona depois.

Telefonando

Enviando mensagens

O Nokia E71 permite que você envie mensagens de texto comuns (SMS), multimédia (MMS), de áudio e email. A simplicidade é a maior possível: digite o nome ou número do contacto, pressione a tecla para baixo e digite a sua mensagem.

Depois, basta pressionar o botão de opções e adicionar novos destinatários ou enviar a mensagem. Isso serve para todos os tipos de mensagem, com a diferença de que, dependendo do tipo escolhido, novas funções aparecem, como adicionar imagens e/ou arquivos de áudio.

Enviando uma mensagem.

Office portátil

No QuickOffice é possível começar um novo arquivo como documento, planilha ou apresentação. Você também pode visualizar arquivos existentes ao explorar a memória do celular ou do cartão MicroSD. Ao abrir o programa, há uma função para buscar actualizações, o que permite deixa-lo sempre em sua última versão, com recursos mais novos.
Os documentos de texto não têm grandes opções, sendo que a digitação é tão comum quanto mandar um SMS. Dentre as formatações possíveis estão o uso de negrito, itálico, sublinhado, taxado e alteração de fontes. As planilhas também aparecem de maneira simples, com a tabela na tela. Você pode inserir números nas células, além de fórmulas simples (como soma, multiplicação etc.). Também é possível editar linhas e colunas inteiras, acessando menus com opções, mas não é nada intuitivo.

Criando planilhas.

A criação de apresentações não é tão complicada se você utilizar o que o programa coloca como padrão: duas caixas de texto, uma para o título e outra para o conteúdo. Caso você queira adicionar novos elementos, é só acessar os menus, assim como no Excel. Mas isso também não é muito intuitivo, pois são muitas opções para serem seleccionadas até chegar aonde você quer.
Ouvindo músicas e vendo vídeos

O Nokia E71 tem suporte para uma variedade de formatos: WMV, RV, MP4 e 3GP para vídeos e MP3, WMA, WAV, RA, AAC e M4A para áudio. Tanto arquivos de música quanto de vídeo podem ser enviados para o celular por USB, Bluetooth ou download directo do aparelho.

O player de músicas permite que você organize as suas faixas por artistas, listas de reprodução, álbuns, géneros e compositores. Há opções de equalização prontas, para estilos musicais, como Jazz, Pop, Rock e Clássica, por exemplo. Entretanto, fica claro que o celular não foi feito exactamente para escutar músicas, já que o áudio sai relativamente baixo se o compararmos com celulares Sony Ericsson da série W.

Escutando músicas.

Os vídeos podem ser abertos ao procurar pelos arquivos e aparecem em tela cheia ou em “janela” (com opções e menus à mostra). O desempenho é relativamente bom, já que o aparelho conta com um bom processador e quantidade suficiente de memória RAM. A função de rádio FM funciona bem, detectando com facilidade as estações que estão por perto e com opções simples, como passar de estação e regular o volume.
Câmera Digital

Quando se pensa em 3.2 megapixéis, com flash, podemos acabar esperando uma câmera fantasticamente boa. Infelizmente o flash não tem um alcance muito longo, apenas cerca de um ou dois metros, não sendo nem de longe o suficiente para fotos no escuro. Ou seja, ele pode até ajudar, mas não espere muito dele.

Usando a câmera.

Ao clicar nas opções da câmera, você alterna para o modo de vídeo, modo de cena (automático, clone, retrato, paisagem e nocturno), flash, timer, modo de sequência (tira várias fotos seguidas ao pressionar o botão), tom de cores, grade do visor, balanceamento do branco e exposição da câmera. Apesar de tantas opções, nem todas funcionam efectivamente, apresentando diferenças minúsculas quando a foto é tirada.
Entretanto, uma função interessante do Nokia E71 é que, ao pressionar a tecla T (mantendo o celular parado), a câmera focaliza exactamente o centro da imagem. Depois disso, basta apertar o botão de confirmação (o central, das teclas de navegação) e a foto é tirada. Aí o celular dá a opção de você compartilhar por email ou excluí-lá. Veja, a seguir, dois exemplos de fotos tiradas com o aparelho (clique nas imagens para ampliar).

Exemplo 1 Exemplo 2

A gravação de vídeos é fraca e não é uma função recomendada nesse celular, já que a taxa de quadros por segundo é de apenas 15, o que causa travamentos na imagem, além da baixa resolução, que é QVGA (320x240 pixéis).

Modos de uso

Uma função bastante interessante, e que aparece normalmente na tela de início do celular, é a “Modos”. Ela funciona basicamente assim: você personaliza o seu modo principal, com atalhos e telas principais e, ao acessar a função, a tela inicial muda. Ou seja, é como se você tivesse duas Áreas de Trabalho. Dessa forma, você tem um Modo para o seu trabalho, e um pessoal, por exemplo.
Bateria

Deixando de lado as especificações básicas do celular, em nossos testes a bateria apresentou uma durabilidade relativamente grande. O uso de conexões 3G e Wi-Fi não consumiu tanta bateria como é comum em outros smartphones e, enquanto não estava em uso, manteve uma durabilidade alta.

Duração da bateria.

Preço

Em algumas lojas, o Nokia E71 é encontrado por cerca de R$ 1300, desbloqueado. O preço varia conforme operadora e plano de conta que são escolhidos.
Conclusão

O Nokia E71 é um celular que não peca em funcionalidades e que foi definitivamente feito para quem procura um bom celular para trabalho, sem que ocupe muito espaço no bolso. Suas teclas podem ser um problema para algumas pessoas por serem muito juntas, mas, caso seja possível, não é difícil se adaptar a ele.
Rápido, o celular não apresenta problemas em questão de abrir programas e executar as mais variadas tarefas. O QuickOffice, por exemplo, é aberto imediatamente e permite criar documentos com alta velocidade.
Ouvir músicas, tirar fotos e assistir a vídeos não é o recomendado com o Nokia E71, tendo em vista que a função principal do celular é ser de fácil transporte e ter várias funcionalidades. Ou seja, ele não está fugindo do foco, mas mesmo assim traz todas essas funções.
É claro que a quantidade de menus pode complicar para quem procura algo mais intuitivo. E, nesse caso, é recomendado que você utilize outros smartphones, como o iPhone. Já se o problema for a digitação nas teclas muito juntas, experimentar o Nokia N97 pode não ser uma má ideia. Mas, se você gostou das funcionalidades do E71, procura um bom celular para trabalho e consegue se adaptar às teclas, ele provavelmente é um smartphone perfeito e forte concorrente de um Blackberry.

 

home_48 Baixaki

twitter_boxed_48 Siga-me No twitter

2 comentários:

Coga disse...

Este telemóvel é fantástico! Comprei-o faz pouco tempo em uma loja online www.telemoveis.pt (moro em Portugal). O QuickOffice é muito bom! E ainda utilizo-o como GPS :)

Michel Tamele disse...

Coga Com Certeza Boa Compra

Enviar um comentário